UBES

AMES-RIO RENOVA SUA LUTA COM A POSSE DA NOVA DIRETORIA

No dia 4 de abril o espírito de luta do movimento secundarista foi renovado no Rio de Janeiro, quando aconteceu a posse da nova diretoria da Associação Municipal dos Estudantes Secundaristas do Rio do Janeiro (AMES-RIO), no Salão Nobre da Câmara de Vereadores do estado. Eleita durante Congresso para etapa estadual do Congresso da UBES em 2011, a nova gestão da entidade tem a estudante da ETE Oscar Tenório, Barbara Bahia Melo na presidência.

Na mesa, Igor Bruno, coordenador de Políticas Públicas para a Juventude da Prefeitura do Rio, e Raissa Melanie, presidente da União Estadual dos Estudantes do Rio de Janeiro (UEES-RJ). Como grande representatividade da mobilização da juventude articulada, estudantes de diversas regiões da cidade estiveram presentes, entre eles representantes das ETES Santa Cruz, Oscar Tenório, Visconde de Mauá, Adolpho Block e República; representando os Colégios Estaduais esteve Sousa Aguiar, João Alfredo, e o Instituto de Educação Sarah Kubistchek, entre outras. Ilustres ex-presidentes da entidade como Caio Bayma e Janaina Maia também marcaram presença.

A nova gestão já vem com marcas de grande enfrentamento, como conta a nova presidente. “Seguimos firmes na luta contra o Plano de Metas da Secretaria da Educação no estado, contra o corte de metade das aulas de filosofia e sociologia, as aulas extras não-presenciais com vídeos que não substituem conteúdo, e a prova do Sistema de Avaliação do Estado do Rio de Janeiro (SAERJ), que avalia as turmas e faz diferenciação na distribuição de verbas das escolas de acordo com as notas”, conta Bárbara. A jovem também reafirma a luta da AMES pelo passe livre, a humanização do ensino e o apoio às bandeiras de lutas nacionais como a defesa de 10% do PIB para Educação no novo PNE.

A posse surpreendeu a nova presidente, que afirmou a importância do fortalecimento da entidade e movimento estudantil no estado. “Há muito tempo não presenciávamos a reunião de tantas escolas das mais diversas localidades, em especial da zona oeste!”, declarou.

Coincidência ou não, a posse aconteceu justamente onde o corpo do estudante Edson Luís Lima Souto – símbolo da luta do movimento estudantil durante a ditadura militar e ex-presidente da UBES-, foi velado após ser morto pelos militares durante uma manifestação contra o fechamento do Restaurante Popular Calabouço – no Rio de Janeiro, e ainda onde muitos estudantes se esconderam.

Confira as fotos em da cerimônia de posse da nova diretoria da AMES-RIO aqui

Quer saber mais sobre a entidade estadual? Acesse o blog da entidade aqui

Anúncios
Standard

Dê a sua opinião e ajude a construir uma UBES cada vez mais forte!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s