UBES

COM APROVAÇÃO NA CÂMARA, ESTUDANTES PEDEM O #APROVADILMA PARA QUE O PETRÓLEO DO BRASIL SIRVA À EDUCAÇÃO

Camara_Aprova_PLRoyalties

Nessa quarta-feira (14), estudantes da UBES e da UNE fizeram blitz em corpo a corpo com parlamentares, garantindo acordo que aprovou o Projeto de Lei 323/07, destinando 75% dos recursos oriundos dos royalties do petróleo e 50% de todos os recursos do Fundo Social do Pré-sal investido em educação.

Depois de pautar nas ruas, em diversas audiências públicas, blitz para cobrar posicionamento dos parlamentares e passeatas com milhares de estudantes nas ruas, do plenário da Câmara dos Deputados, nessa quarta-feira (14), a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas comemorou o marco histórico construído pelos sonhos dos jovens que lutam para garantir o investimento por uma Nova Escola, por educação pública e de qualidade no Brasil.

Uma vitória histórica da educação brasileira, que irá assegurar a prática das metas do Plano Nacional de Educação (PNE) reuniu mais de 300 estudantes, professores, representantes de entidades do movimento educacional e de centrais sindicais em um ato público na entrada do Anexo 2 da Câmara antes da votação. Para presidenta da UBES que participou no dia anterior de uma paralisação nas escolas do Brasil, Manuela Braga, a luta não para por aqui. “Vamos agora chamar o #AprovaDilma, para comemorar e firmar a certeza de que os nossos esforços valeram a pena. Com a nossa força nas ruas convenceremos o Brasil a priorizar educação, já acertamo o alvo com o petróleo a serviço da nação, estamos abrindo caminhos para Nova Escola com a educação pública de qualidade que queremos”, afirmou.

Para o  ministro da Educação, Aloizio Mercadante, que também acompanhou a votação, os recursos dos royalties do petróleo destinados pelo Congresso à educação e também à saúde poderão custear as mudanças pautadas pela UBES. “Esse dinheiro pode ir para investimento, novas escolas, equipamentos e para o pagamento de professores, já que não se faz educação sem pagar bem professores”, disse.

Para presidente da UNE, Vic Barros, a aprovação do projeto que segue para sanção presidencial é emblemática. “Conquistamos o maior aporte de investimento em educação pública da história do nosso país”, exclamou, no Facebook.

Segundo o relator do projeto, deputado André Figueiredo, a aprovação garante cerca de R$2 bilhões em 2014 e R$4 bilhões em 2015. Em manifestação no Twitter, o coordenador da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, também também comemorou: “Vencemos, com argumentos e mobilização. E conquistamos mais recursos para a educação pública. Amanhã recomeçamos a luta” – a objetivo agora é a aprovação do PNE, em tramitação no Senado Federal.

Da Redação com Agências

Anúncios
Standard

Dê a sua opinião e ajude a construir uma UBES cada vez mais forte!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s