UBES

JORNADA DE LUTAS REÚNE 4 MIL ESTUDANTES DE TODO ESTADO DE SP

Compondo a Jornada Nacional de Lutas da UBES e UNE, aconteceu na manhã dessa quarta-feira (4), grande mobilização dos estudantes de São Paulo. Mais de 4 mil jovens da Capital e do Interior paulista caminharam em defesa de #Menos Juros, Mais Educação, pela aprovação do Estatuto da Juventude, e por investimentos de 10% do PIB e 50% do Fundo Social do Pré-Sal para Educação

Uns com a bandeira levantada, outros com os rostos pintados de verde, amarelo e azul, a juventude partiu em caminhada do Monumento das Bandeiras e seguiu contornando a Assembleia Legislativa na região do Ibirapuera. Mais uma vez a juventude se organizou e foi às ruas dar uma verdadeira aula de cidadania para base do desenvolvimento do Brasil: contra o corte de 55 bilhões no orçamento para pagamento de dívidas públicas, contra o fechamento de escolas que vem acontecendo no início de 2012 e por um ensino público e de qualidade que prepare os estudantes do ensino médio, e que valorize e qualifique os profissionais em educação.

Com palavras de ordem, os secundaristas paulistanos, também mobilizados pela União Paulista dos Estudantes Secundaristas (UPES) e União Estadual dos Estudantes (UEE-SP), reafirmaram mais uma vez a rebeldia consequente dos estudantes brasileiros, como conta a diretora de Comunicação da UPES, Angela Meyer. “Sabemos como é essencial a participação dos estudantes de todo o estado, e principalmente, conseguimos passar o nosso recado de que não aceitamos mais pagar 40% do PIB para juros dos banqueiros, e ter menos de 5% investido em educação”, afirmou.

ESTUDANTES COMPÕEM ATO COM 90 MIL CONTRA DESINDUSTRIALIZAÇÃO
A UBES, junto a todo movimento estudantil se uniu aos trabalhadores organizados nos sindicatos, empresários e produtores no ato “Grito de Alerta – em Defesa da Produção e do Emprego” que reuniu cerca de 90 mil pessoas no estacionamento da Assembleia Legislativa de São Paulo. Contra a desindustrialização, a carga tributária brasileira e as dificuldades para criação de emprego no país, eles reivindicam medidas do governo que garantam aumento da atividade econômica com menos impostos, além de juros mais baixos.

Para o diretor de Comunicação da UBES, a presença dos secundaristas em defesa dessas pautas vai de encontro ao desenvolvimento do país e dos jovens no mercado de trabalho. “Este é um momento importante de união dos movimentos sociais, que junto ao setor de produção mostra como a unidade na pauta em defesa da desindustrialização, é apoiada pela UBES, pois são esses mesmos secundaristas que estiveram no ato estão inseridos no mercado”, defende. Frisando ainda a participação dos estudantes, o diretor reforça que diversos atos do movimento estudantil acontecem simultaneamente em vários estados do país.

Anúncios
Standard

Dê a sua opinião e ajude a construir uma UBES cada vez mais forte!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s