UBES

PE: EM AUDIÊNCIA PÚBLICA, ESTUDANTES ENCAMINHAM MUDANÇAS NO TRANSPORTE

Depois de intensas mobilizações dos estudantes de Pernambuco no mês de janeiro pela redução da tarifa e melhorias no transporte público, nessa quinta-feira (15) durante audiência pública, movimento estudantil garante duas cadeiras no Conselho do Transporte Metropolitano e cria grupo de trabalho para discutir as pautas de reivindicação

Estiveram presentes as entidades estudantis, UBES, UEP, UMES-PE e UNE; o secretário de Cidades de Pernambuco, Danilo Cabral, e o presidente do Consórcio Grande Recife, Nelson Menezes, responsável pelo transporte na região metropolitana.

O governo do estado apresentou planejamento de mobilidade urbana, PROMOB,  visando melhorar a qualidade do transporte público em acesso e aumento de integrações para redução de gastos. Os representantes estudantis questionaram falta de segurança, a superlotação e a péssima qualidade dos coletivos, que durante aumento das passagens em 2006 recebeu promessas de melhorais e que não foram cumpridas.

As entidades estudantis frisaram a necessidade de ampliar o passe-livre estudantil para além das escolas, pois hoje, os estudantes têm apenas a reserva de 70 conduções. “A passagem só serve para ir e voltar da escola, precisamos ampliar essa visão para que também seja garantido um complemento cultural aos estudantes no acesso à outras atividades que contribuem para formação e lazer da juventude nas escolas”, defendeu a presidente da UBES, Manuela Braga.

Durante a Assembléia, outras pautas foram frisadas como prioridade do movimento estudantil, além da redução da tarifa, o passe-livre intermunicipal e a participação maior no Conselho do Transporte Metropolitano. Manuela afirma que foi uma reunião vitoriosa, considerando que o Secretário das Cidades anunciou duas vagas para os movimentos estudantis dentro do Conselho e foi criado um grupo de trabalho para discutir as pautas de reivindicações. Como forma de implementar e viabilizar aos passageiros, trabalhadores e estudantes o barateamento da tarifa, o presentes colocaram como responsabilidade do Estado oferecer os subsídios necessários, a quem cabe esta responsabilidade.

Anúncios
Standard

Dê a sua opinião e ajude a construir uma UBES cada vez mais forte!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s