UBES

GO: GREVE DA REDE DE ESTADUAL DE ENSINO COMPLETA 11 DIAS

Nesta sexta-feira (10), cerca de mil estudantes mais uma vez saíram em manifestação no estado de Goiás, com as caras pintadas de verde, azul e amarelo, entregaram aos representantes do governo documento com as pautas reivindicadas

Na última sexta-feira (10), os estudantes de diversas escolas e grêmios estudantis, junto à União Goiana dos Estudantes Secundaristas de Goiás  (UGES) saíram mais uma vez em manifestação pelas ruas do estado, dessa vez rumo ao palácio do governo.  Aberta a possibilidade de diálogo, apenas seis dos estudantes foram autorizados a participar da reunião, que em acordo com o secretário de Relações Institucionais do governo, ouviu as pautas dos estudantes do lado de fora do prédio.

Representantes de classes, diretores e presidentes de grêmios subiram ao palácio, junto à UGES e diretores da UBES em ato formal para participar da reunião com o secretário de Relações Internacionais e assessores do governador do Estado, Marconi Perillo. As pautas reivindicadas foram documentadas em procedimento para ser encaminhadas à Secretária de Educação Estiveram.

Acompanhe os principais pontos de reivindicação:

VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO: tendo o direito ao piso salarial sem perder a titularidade, formação continuada, plano de carreira e chamada pelos concursos públicos.

GESTÃO DEMOCRATICA NAS ESCOLAS: respeito à lei do grêmio livre, abertura das escolas para receber as entidades estudantis e a garantia de assentos para os estudantes no Conselho estadual de educação;

REESTRUTURAÇÃO DAS ESCOLAS: reimplementação do programa escola aberta, abrindo as escolas aos finais de semana para realização de atividades supervisionadas; reabertura dos laboratórios e contratação de professores especializados;

REFORMULAÇÃO CURRICULAR: anulação das alterações do “Pacto pela Educação”, projeto de lei apresentado na assembleia legislativa pela Secretaria de Educação do Estado de Goiás e a insatisfação com  a nova matriz curricular implementada pelo governo.

PASSE LIVRE IRRESTRITO: para garantir o acesso à escola, e entendendo que a educação não pode se resumir apenas ao ambiente da sala de aula, precisando garantir o acesso dos jovens às diversas atividades no estado.

LUTA DOS ESTUDANTES E PROFESSORES GANHA FORÇA
Em apoio aos professores, junto ao movimento estudantil, os jovens de Goiás estão indo às ruas desde a última quinta-feira (2), veja mais. Com suas pautas que já começaram a ganhar a simpatia dos pais e toda população, os municípios de Goiás começam cada dia mais à juntar-se na luta por melhorias na educação.

Em Anápolis, também na sexta feira, professores e estudantes do município de foram às ruas em grande mobilização que reuniu cerca de 600 pessoas. Veja abaixo a galeria de fotos da manifestações no estado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
Standard

13 thoughts on “GO: GREVE DA REDE DE ESTADUAL DE ENSINO COMPLETA 11 DIAS

  1. Ronner Luis Pinheiro Maciel diz:

    Precisamos do apoio dos pais e alunos nesta jornada a favor da educação. Não é só o salário que precisa melhorar, então a causa é da sociedade também.
    Vamos mostrar a força da juventude goiana!
    Vocês que estão na capital devem ser fortes e persistentes. Aqui no interior não sai notícia alguma sobre a movimentação, já que toda a mídia goiana parece estar com o Marconi. Porém estamos em greve, esperando que o bom-senso chegue ao nosso governador (eleito pelo povo para servir aos interesses deste povo) e secretário de educação (diz que é).
    Fé em Deus e coragem.
    “Nào tenho medo do grito dos maus, e sim do silêncio dos bons.”

  2. Clarinezia diz:

    Concordo com você Ronner. Leia este poema;
    Professor (a) Estadual / Goiás

    Tinha uma professora que sonhava com dias melhores,
    Com dias melhores sonhava uma professora,
    Tinha uma professora que sonhava com salário melhor,
    Com salário melhore sonhava uma professora,
    Tinha uma professora que sonhava com a valorização profissional,
    Com a valorização profissional uma professora sonhava

    Então apareceram as PEDRAS no meio do caminho
    Governador, deputados, secretário
    O sonho acabou
    A desilusão, a injustiça, o PESADELO
    Realidade
    Pagamos altos salários para as pedras em
    Nosso caminho.

    Nunca me esquecerei que no meio do caminho
    Tinham umas pedras
    Que tinham umas pedras no meio do caminho

    VAMOS PROFESSORES UNIRMOS
    PARA TIRARMOS ESTAS PEDRAS
    DO NOSSO CAMINHO!

    Professora: Clarinézia Bernardes
    Israelândia – Go

    • Kênia Fernandes Martins de Lima diz:

      Bom dia!
      Clarinézia, que bom q postou o poema que escreveu em meio a tanta turbulências…realmente há várias pedras no meio do caminho…
      Abraços,
      Kênia

  3. **Parabéns a classe estudantil de Goiás, pois somente dessa forma poderemos conquistar novas vitórias na busca de uma educação de qualidade e respeito aos nossos mestres de hoje e sempre, os professores (as) de nosso Brasil.

    Gilmar Santana Neves
    Presidente Fundador de Honra do Grêmio Estudantil Renova7
    Escola Estadual 07 de Setembro
    Barra do Bugres/ Distrito de Assari – MT

    • luciano diz:

      vamos sim com essa luta,temos muito que protestar mesmo com esses pulitícos
      que só querem ganhar eleição,más na hora d trabalhar eles não pensa no povo,
      estamos juntos nessa,o país só vai mudar se o povo cobrar os seus direitos okk…

  4. Pingback: MANIFESTO DOS SECUNDARISTAS DO PARÁ DENUNCIA REALIDADE DAS SALAS DE AULA « Blog da UBES!

  5. Pingback: MANIFESTO DOS SECUNDARISTAS DO PARÁ DENUNCIA REALIDADE DAS SALAS DE AULA « Grêmio Estudantil W.S

  6. Lucas diz:

    Falta organização!! Se é uma greve estadual devia no minimo haver 50% de adoção dos varios municipios (escolas estaduais) do estado o que não acontecem. E não falta interesse em participar ou determinaçãp para impor limites. Falta representantes/organizadores, por exemplo da Ubes e dos gremios (que atualmente são considerados despreziveis em muitos municipios/colegios, além de que muitos colégios nem sequer têm um gremio estudantil).
    É altura da Ubes ( ou seja lá qual for a associação de estudantes do Goias) ter representantes em todos os municipios, interessados existem, é altura de haver uma força maior/maior numero de participantes nos movimentos.

    • Ronner Luis Pinheiro Maciel diz:

      Concordo que falta melhor comunicação, porém falta mesmo é vontade. O brasileiro é um tanto inerte, apesar que temos visto mostras de revoltar pelo país.
      Aconselho a você procurar as entidades e, junto com os outros interessados, mobilizarem as pessoas na sua cidade.
      Não espere, faça.

      • iza diz:

        Falta sim, mais não é assim que funciona, uns querendo estudar e outros preocupados somente no salário, será que não pensou quando prestou o concurso?:
        E por que não escolheu um outro curso, já que esse o salario não seria bom?
        E a pergunta que não quer calar:
        Quando voltarão as salas de aula?

  7. EMILY ORRANA SANTOD FERREIRA diz:

    Sou aluna da rede estadual SEVERINA MARIA DE JESSUS (em aparecida de Goiânia).
    acho uma vergonha para vocês, porque na hora de aumentar o salário dos políticos
    ninguém reclama, e se reclama ninguém dar ouvidos. Enquanto nos alunos ficamos na pior, tudo por causa de vocês que não tem consciência. Sabendo que todos vocês passaram pelas mãos de um professor.

    (PROFESSOR O ÚNICO PROFISSIONAL QUE FORMA outros profissionais )

Dê a sua opinião e ajude a construir uma UBES cada vez mais forte!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s