UBES

VOTAÇÃO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO NA CÂMARA FICA PARA 2012

DA AGÊNCIA BRASIL

A aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE) na Câmara dos Deputados ficou para 2012. Em reunião na última quinta-feira (15), os deputados da Comissão Especial definiram que o projeto será votado até 15 de março para então ser encaminhado ao Senado.

O plano estabelece 20 metas educacionais que deverão ser alcançadas pelo país no prazo de dez anos. Entre elas, o aumento de vagas em creches, a ampliação de escolas em tempo integral e a expansão das matrículas em cursos técnicos.

A expectativa era que a proposta, encaminhada pelo Executivo ao Congresso Nacional em dezembro de 2010, fosse aprovada na Câmara ainda neste ano. Mas após a divulgação do relatório do deputado Angelo Vanhoni (PT-PR), os parlamentares apresentaram cerca de 400 emendas ao texto e não há tempo hábil para analisá-las antes do recesso parlamentar marcado para o dia 22 de dezembro.

“Devido à complexidade e a importância dessa lei, nós achamos melhor deixar para 2012 até porque não altera o prazo para a votação final. Mesmo que o PNE fosse aprovado hoje ele teria que ser enviado ao Senado que só apreciaria a matéria no ano que vem”, explicou Vanhoni. O deputado disse que irá trabalhar durante o recesso parlamentar na avaliação das emendas para apresentar a versão final do substitutivo no começo de fevereiro.

A vigência do antigo PNE terminou em dezembro de 2010 e, no momento, não há plano em execução. A principal polêmica da matéria é a definição do percentual de investimento na área em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) que o país deverá aplicar no prazo de dez anos. A apresentação do relatório foi adiada diversas vezes por causa da dificuldade do relator em negociar mais recursos para a área com o governo.

O texto original enviado pelo governo previa uma meta de 7% do PIB – hoje o país investe 5% do PIB na área. Entidades da área defendem um investimento de 10%, mas o primeiro relatório de Vanhoni indicou um índice de 8%. Segundo ele, essa meta ainda pode ser alterada após a avaliação das emendas.

UBES E UNE PERMANECEM NA LUTA PELOS 10%

Não é a opinião da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas e outras entidades do movimento estudantil, que junto à maioria absoluta das entidades do movimento social, professores e a sociedade em geral, continua a grande campanha por, pelo menos, 10% do PIB brasileiro investido diretamente na melhoria das escolas, remuneração de professores, infra-estrutura, metodologia, pesquisa e desenvolvimento do ensino público no país. A UBES e a UNE inclusive realizou neste ano jornada de lutas em todos estados do Brasil em defesa dos 10% do PIB para educação, além de abaixo assinado e o #OcupeBrasília, mais recentemente para defender esta que hoje, é uma das principais bandeiras do movimento estudantil.

Com redação

Anúncios
Standard

2 thoughts on “VOTAÇÃO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO NA CÂMARA FICA PARA 2012

  1. a minha opinião para ubes e q a nova presidente contenui levantado a bandeira para nois lutamos para q nois os estudante possamos consseg os 10 possento do pib para a edudação i eu como um estudante maranhessi q amo a ujs e ubes e une vou sempre esta disponivel para os movimento da ubes marcos ferreira lago verde ma

    • Evanilson de Oliveira diz:

      Eu sou do Acre e podem contar comigo na luta.
      viva a UBES
      Viva a UNE
      e viva a União da Juventude Secundarista

Dê a sua opinião e ajude a construir uma UBES cada vez mais forte!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s