Blog Antigo, Uncategorized

Bate-Papo com Secretário de Educação

2010 foi um ano de conquistas para a estudantada paraibana. Dentre elas, a aprovação da Reserva de Vagas na UFPB, para alunos egressos de escolas públicas. A façanha foi promovida pelaAESP (Associação dos Estudantes Secundaristas da Paraiba) e pela UBESUNE, engajou na luta e nas ruas mais de 3.000 estudantes.
Essa mesma galera conseguiu uma audiência com o atual Secretário de Educação do Estado, Celso Scocuglia, que ocorreu na manhã desta terça-feira (15). Scocuglia aceitou debater os rumos e desafios da nossa Educação e enfatizou a “oportunidade de trabalho conjunto entre o Estado e a Sociedade Civil Organizada” — isto é, trocando em miúdos, entre SEC-PB, AESP e UBES — na consolidação de uma Educação pública, gratuita e universal com qualidade.

AESP (Associação dos Estudantes Secundaristas da Paraíba), assumiu o compromisso de diagnosticar, com base em suas inúmerasCaravanas pelo estado e o contato direto com as reivindicações estudantis, as deficiências da rede pública de ensino e, consciente de seu papel como agente transformador, propor soluções cabíveis.


Marília França, Presidenta daAESP e atual Diretora Regional da UBES, destacou ementrevista ao Paraíba Online a receptividade do secretário em detrimento à administrações anteriores. Marcelo Lima, Ex Doiretor da UBES na gestão passada, esclareceu à imprensa que “audiência foi oportuna e positiva, uma vez que foi possível levar ao conhecimento da atual administração as reivindicações estudantis e debater temas como ainteriorização do Ensino Superior, a resistência infundada de diretores escolares à organização de grêmios estudantis, assegurada por lei federal, e a construção de um encontro estadual que agregasse todas as categorias relacionadas a Educação em nosso estado”.
O evento contou ainda com a presença de Francisco Chagas e Mailson Lima, respectivamente representação da UNE (União Nacional dos Estudantes) e aluno do Liceu Paraibano. Chagas colocou em pauta a conjuntura universitária, com ênfase aos problemas de uma categoria estudantil que só veio a surgir a partir do Governo Lula, a figura do “ProUnista”. Chagas pontuou: “o ProUniindiscutivelmente é um avanço, contudo, frequentemente sou surpreendido por reclamações desses estudantes. Eu mesmo sou ProUnista e reconheço e escancaro as limitações do Programa, principalmente no quesito Assistência Estudantil”.
Anúncios
Standard

Dê a sua opinião e ajude a construir uma UBES cada vez mais forte!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s