Blog Antigo, Uncategorized

Em congresso, AMES elege nova presidente

O 21º Congresso da Associação Municipal de Estudantes Secundaristas (AMES), realizado no último sábado, 8, no Rio de Janeiro, terminou em clima de unidade em meio a várias atividades que marcaram o evento. Estiveram presentes ao congresso cerca de 300 pessoas entre delegados e estudantes.

No início das atividades, os jovens puderam conhecer através de oficinas a cultura hip-hop (break), e saber um pouco mais sobre técnicas teatrais por meio de alguns atores que relataram experiências vividas em palco.

Após um café reforçado, deu-se início a uma sessão com vários debates sobre assuntos variados. Entre eles, homofobia, racismo, machismo, cultura e Movimento estudantil.

Entre os palestrantes, marcaram presença Geovani Baroni (coordenador do CUCA – Rio); João Carlos Madureira (SEP-RJ); Igor Bruno (coordenador de políticas da Rio e Juventude); Clarissa (secretária geral da UEE-RJ); Edson (Unegro e UEE-RJ); Yann Evanovick (presidente da UBES).

No ato político do congresso, participaram o deputado estadual Alessandro Molou (Comissão de Educação da Assembléia); Roberto Monteiro (membro da comissão de impactos sociais do pré-sal); Miguel Badener (Instituto Federal de Escolas Técnicas); Luiz Sérgio (diretor do ISERJ); Yann Evanovick (presidente da UBES); André Marinho (diretor do Sinpro Rio) e Gabriela Venâncio (presidente da União Estadual dos Estudantes Secundaristas-UEES).

Logo após o ato político, formou-se uma mesa de votação liderada pela ex-presidente da AMES, Tayná Lima, que conduziu a votação das propostas. Em seguida, passou para o presidente da UBES, Yann Evanovick, comandar a eleição da nova diretoria da entidade. A única chapa que pleiteava o cargo, denominada “A gente quer ter voz ativa e no nosso destino mandar!”, elegeu a candidata Sophia Oliveira como presidente da AMES com unanimidade dos votos.

Para Tayná Lima, ex-presidente da AMES, a entidade através do trabalho executado ao longo dos últimos anos voltou a ter o merecido reconhecimento por parte dos estudantes. “Recuperamos a identidade da entidade em nossa gestão. A presidente eleita, Sophia Oliveira, tem a missão de mostrar aos jovens que o movimento estudantil está no dia a dia de cada um”, afirmou Tayná.

“Os estudantes devem entender que participar de um movimento não se limita somente a participar de um ato, mas sim, levar as discussões a frente, debater sobre tudo”, concluiu.

Da redação.

Anúncios
Standard

Dê a sua opinião e ajude a construir uma UBES cada vez mais forte!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s